terça-feira, 23 de junho de 2009

A NASCENTE DA REDE TEATRO D@ FLORESTA

vida não é a que cada um viveu, mas a que recorda e como a recorda para contá‑la.
Gabriel Garcia Marques.

Embevecido por esta frase-imagem do poeta Gabriel Garcia Marques, o grupo de pesquisa PACA – Pesquisadores em Artes Cênicas da Amazônia propõe o projeto Teatro d@ Floresta: Uma História do Teatro da Amazônia do Tempo Presente inscrita na Web. Este projeto pretende ser o ponto de partida para um estudo sobre as Práticas Narrativas de Processos de Criação, exercida pelos próprios artistas da cena e coletivos, mas especificamente, atores, diretores, autores, técnicos de teatro e grupos, como um meio de compreender seu fazer artístico, na perspectiva de intervir no seu próprio processo de autoformação, característico deste ofício. A prática narrativa sobre processos de criação é híbrida na sua formatação: histórias de vida, memórias, diários de trabalho ou de bordo, autobiografias e, contemporaneamente, sites, blogs e biomídias. Mas é, hipoteticamente única, em seus princípios: vencer a natureza efêmera da cena, compreendendo-a em seu processo de criação, como um legado artístico para as futuras gerações de criadores. A realização desta pesquisa, além de possibilitar a construção de um estudo sobre as práticas das narrativas centradas em processos de criação, virá a ser, a concretização de um velho sonho: colocar, em “páginas eletrônicas”, as Histórias de Vida das Obras Teatrais, como fez Stanislavski e tantos outros pensadores da cena, em páginas de papel. Desejo que esta escrita possibilite articular os pequenos traços de muitos fazeres, inscritos em tantas e diferentes materialidades (sons, textos, fotos, vídeos, desenhos, etc). Por isto, a escritura hipermidiática é, sem dúvida, uma grande opção para esta articulação de informações e, a realidade virtual \ multimidiática, uma potência na produção de novos conhecimentos que pelo novo formato, já refletem a sua inserção no contexto contemporâneo. A nossa expectativa é que a realização deste estudo me dará possibilidades para investigar uma metodologia de produção de escritas hipermidiáticas sobre processos de criação que poderá ser experimentada por outros artistas da cena. Uma metodologia que poderá revelar as verdadeiras Impressões Digitais de tantos fazeres.

6 comentários:

papistar_nunes disse...

Realmente foi uma grande idéia.É rico e engrandecedor para nós artistas podermos acompanhar o que os nossos colegas fazem, criar uma interação com eles, fazê-los conhecer nosso trabalho e sermos amados ou odiados por conta do positivo ou do negativo que todos temos dentro de nós e que nos fazem sermos egoístas, ciumentos, invejosos,ternos,agradecidos,generosos quando "humanamente" julgamos o outro.Mas, com certeza quando um elo é visualizado, pensamos logo numa corrente e que esse seja um site feito com uma corrente de muita luz, purpurina, confetes e muito muito amor e muita "merda" para todos. Bjsssss Marreco e parabéns pela iniciativa.

Wuotam disse...

A Wuotam é uma empresa de produções teatrais que vem desenvolvendo quatro linhas de pesquisa para o trabalho do ator, do arte-educador e de áreas afins: O Clown, A Mímesis Corpórea, A Congada e A Dramacontação. Além disso, tem realizado trabalhos na área social por meio da contação de histórias e oferecido cursos de formação: Aprendiz de Clown (Clown I), O Clown no picadeiro (Clown II), Mímesis Corpórea: técnica de imitação das corporeidades, Dramatização de contos, causos, trava-línguas, lendas e parlendas, Voz, Os Harmônicos da voz e o Canto Harmônico (no Brasil e no Exterior).
Acesse o nosso endereço, http://wuotam.blogspot.com/ . Conheça o nosso trabalho, produza um de nossos cursos, espetáculos, eventos conceituais, personalize uma atividade correlata para grupos de teatro ou de estudo, atores, arte-educadores e áreas afins, conheça outras possibilidades artísticas e culturais para sua cidade. Contate-nos.
Agradecemos pela atenção e desde já ficamos à vossa inteira disposição.

Um abraço,

Ana Wuo e Equipe.

RICARDO disse...

Oi Wlad,
Gostei muito desse teu trabalho em rede.
Parabéns querida.
Ricado Pimentel Méllo

Telma Monteiro disse...

Oi, Wlad!
Esse texto me lembrou tanto aquele bom tempo de Teoria do Teatro (2008), quando flagrei a presença artística num passado que nem suspeitava - o que foi possível graças a tua orientação. Tu serás sempre um importantíssimo divisor de águas para mim (ainda que eu e o teatro tenhamos sido um caso mal resolvido... Falha (técnica!) minha.). Mas interessantíssima idéia que propões - e o que mais se poderia esperar de ti? Lerei e tentarei a-apre-en-der (e olha eu eterna aprendiz).
Bjs

Waleska Frota disse...

pARABENS PELO BLOG..ABÇ.
FICA NA PAZ.

João Batista disse...

NOVO OLHAR SOBRE A MATEMÁTICA,
http://www.ufpa.br/beiradorio/novo/index.php/leia-tambem/124-edicao-93--abril/1189-novo-olhar-sobre-a-matematica